Como emitir intervalos menores que 1 semitom na guitarra

O semitom, equivalente à distância entre uma casa e outra na guitarra, é o menor intervalo na música Ocidental. Na Oriental, existem intervalos menores, a coma, por exemplo. Dentro de 1 tom – a soma de 2 semitons – tem-se 9 comas.
Apesar disso, a guitarra pode emitir intervalos menores que 1 semitom. Para tanto, o guitarrista deve utilizar o vibrato ou bend, técnicas em que a corda é puxada para cima ou para baixo. A nota pode subir 1/4 de tom ou mais. Dimebag Darrell incrementou a música Revolution Is My Name do Pantera com esses bends.


Também é possível abaixar a nota em intervalos menores que 1 semitom pelas tarrachas de afinação (John5 em The Washing Away Of Wrong – 7:50) ou com uma alavanca que, pressionada para baixo, solta as cordas (Eddie Van Halen em Eruption – 0:07 e 0:57).

A guitarra funciona assim porque é um instrumento temperado, ou seja, que sofre divisões de intervalos. Ela seria não temperada se não tivesse trastes no braço, que não é comum, embora modelos assim já tenham sido usados por guitarristas como Frank Zappa, Adrian Belew e Steve Vai. Já o baixo fretless (sem traste) é muito popular e pode ser ouvido em inúmeras músicas e solos de artistas como Marcus Miller e Les Claypool da banda Primus.

One Response to “Como emitir intervalos menores que 1 semitom na guitarra”

  1. Maitê Hablewitz Says:

    Adoooooooro q vc coloca os videos aqui como exeplo da teoria q vc está explicando. Bem mais fácil aprender visualizando😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: