O metal iraquiano de Acrassicauda

A banda de heavy metal iraquiana Acrassicauda, em sua primeira turnê pelos Estados Unidos, tocou em Iona, Michigan, no domingo (22/5) e deu entrevista para Jon Szerlag do The Iona Sentinel-Standard.

Acrassicauda foi formada em 2001 por amigos em Bagdá, Iraque, ainda sob o regime de Saddam Hussein. Eles começaram a fazer shows em 2005. “Os shows eram perigosos. Nós recebíamos ameaças por estarmos tocando música Ocidental”, conta o baterista Marwan Hussein.

Os membros do Acrassicauda deixaram o Iraque pela Síria, onde ficaram até 2007, quando o governo sírio decretou que os refugiados tinham que deixar o país.

“Nós fizemos alguns shows na Síria, mas não tinha nenhuma cena de rock ou metal. Tivemos que sair, então fomos para Istanbul, Turquia, onde ficamos um ano e meio”, disse o baterista Hussein.

Em 2008, eles conseguiram entrar para os Estados Unidos legalmente.

Influências

Acrassicauda foi influenciada por bandas como Sepultura, Metallica e Megadeth, mas também pela situação de guerra ao seu redor no Iraque.

Segundo Hussein, de início a banda era pra ser de rock ´n´ roll, mas que com o passar do tempo eles foram ficando mais pesados.

“Muitas bandas de metal falam sobre morte, destruição e guerra. Mas não é divertido e legal como alguns podem achar. É uma questão de vida ou morte. Para nós isso é algo muito sério e pessoal”, afirmou Hussein.

Fonte: The Ionia Sentinel-Standard

2 Responses to “O metal iraquiano de Acrassicauda”

  1. essa banda me lembra muito o slayer é paulera

  2. metal is rock

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: