Archive for tony iommi

John Tempesta no Manifesto Bar

Posted in Celebridades with tags , , , , , , , , on May 15, 2011 by gabrielpalmaguitar

Durante o show do Damage Inc. (Metallica Cover), no Manifesto Bar (14/05), ninguém contava com a presença de John Tempesta, batera das bandas White Zombie, Rob Zombie, Testament, Helmet, Tony Iommi, e atualmente The Cult, banda inglesa que tocou no HSBC antes de John Tempesta cair para o Manifesto Bar.

“Nós temos uma pessoa célebre hoje na casa”, disse o vocalista e guitarrista do Damage Inc., Alexandre Grunheidt, antes de convidar John Tempesta para tocar Testament.

“Do you wanna play some Testament with us?” (Você quer tocar Testament com a gente?), perguntou a John Tempesta.

O público começou a bradar: “Come, come, come, come, come!” (Venha, venha, venha, venha, venha!).

John Tempesta atendeu rapidamente ao chamado, descendo correndo do mesanino da área VIP.

Ao término da música, John Tempesta falou: “I wasn’t ready for that” (Não estava pronto para isso).

Alexandre disse: “Vocês conhecem uma outra banda cover de Metallica que encararia um Testament assim? Nós ouvimos isso desde os 15 anos de idade!”.

John Tempesta curtiu pra caramba o show do Damage Inc., que por sinal foi realmente muito bom, chegando a filmá-lo e a tirar fotos do mesanino. No final fui eu quem tirei uma foto com John Tempesta!

 

Advertisements

Cinderella

Posted in Bandas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on February 21, 2011 by gabrielpalmaguitar

 

Cinderella é uma banda americana de heavy metal da Philadelphia, Pennsylvania. Eles começaram nos anos 80 e tiveram álbuns multi-platina e seus vídeo-clipes estavam constantemente na MTV.

1983 e 1985

Cinderella foi formada em 1983 por Tom Keifer (cantor, compositor, tecladista e guitarrista), Eric Brittingham (baixista), Michael Smerick (guitarrista) e Tony Destra (baterista). Em 1985, Smerick e Destra deixaram a banda para formar a banda Britny Fox. Cinderella fez sucesso quando Jon Bon Jovi viu eles tocarem no Empire Rock Club e recomendou que o seu A&R Derek Shulman visse eles. Ainda nesse ano, com um contrato de gravação com Mercury/Polygram Records, Jeff LaBar (guitarrista) e Jim Drnec (baterista) entraram para a banda.

1986 e 1987


Durante a gravação do álbum de estréia Night Songs, o baterista Jody Cortez foi chamado para ajudar. No final da gravação, Drnec foi substituído pelo baterista da banda London Fred Coury, que está na capa do disco e fez a turnê com a banda. Night Songs foi lançado em 2 de agosto de 1986 e foi disco de platina três vezes, chegando a vender 50 mil cópias por semana! O álbum chegou a número três no Billboard de 1987.

A primeira turnê de Cinderella foi em 1986. Junto com a banda Poison, abriram shows para a banda japonesa Loudness. Em 1987, abriram shows para David Lee Roth (Van Halen) e Bon Jovi na turnê de Slippery When Wet. Ainda nesse ano, a banda tocou no Japão, Escandinávia e no festival Monsters Of Rock na Inglaterra e na Alemanha.

1988


Em maio de 1988, lançaram o disco Long Cold Winter, que em pouco mais de seis meses vendeu dois milhões de cópias nos Estados Unidos. Esse disco teve a participação dos bateristas Cozy Powell (Rainbow, Ozzy Osbourne, ELP e Black Sabbath) e Denny Carmassi (Heart, Montrose, Coverdale/Page), do tecladista Tom Webster (Aerosmith, Alice Cooper) e do percussionista brasileiro Paulinho da Costa.

Cinderella tocou no Moscow Peace Festival com Ozzy Osbourne, Scorpions, Mötley Crüe, Skid Row e Bon Jovi.

1990


Em 1990, lançaram o disco Heartbrake Station. Durante a turnê, Fred Coury saiu da banda e entrou na banda Arcade com o vocalista Stephen Pearcy da banda Ratt.

1991, 1994 e 1995


Em 1991, Keifer perdeu sua voz devido a uma paresia nas pregas vocais. Ele fez várias cirurgias para tratar um cisto e uma hemorragia vocal. O baterista Kevin Valentine entrou em 1991 e ficou até 1993. Kevin tocou bateria para o Kiss na música Take It Off do Kiss do disco Revenge e em todas as músicas do disco Psycho Circus tirando Into The Void, tocada por Peter Criss.

Por causa dos problemas de voz de Tom, eles demoraram para lançar o disco Still Climbing. Ele foi lançado em 1994 com Kenny Aronoff (Elton John, Bob Seger, John Mellencamp, Smashing Pumpkins, John Fogerty, Lynyrd Skynyrd, Tony Iommi, Jon Bon Jovi, The BoDeans, Stryper, Puddle Of Mud, The Rolling Stones, Santana, B.B. King, Bob Dylan, Rod Stewart, Alanis Morissette, Ray Charles, Alice Cooper, Meat Loaf, Bonnie Raitt, Ricky Martin, Johnny Cash, Trey Anastasio, Joe Cocker, Melissa Etheridge, Willie Nelson, Vince Gill, Gladys Knight, Jefferson Airplane, The Buddy Rich Big Band) na bateria. Um dos melhores currículos que eu já vi!!!!!!

Ray Brinker assumiu a bateria ao vivo de 1994 a 1995. Como o álbum Still Climbing não fez sucesso devido a um boicote da mídia ao hard rock (o grunge era a bola da vez), a Mercury Records largou a banda, que entrou em um hiato em 1995.

1996


Em 1996, quando a Mercury Records lançou a coletânea Once upon a…, a banda voltou às atividades.

1998 e 1999


Em 1998, Cinderella fez uma turnê nos Estados Unidos. Um dos shows dessa turnê foi gravado e lançado em 1999 pela gravadora Cleopatra Records no disco ao vivo Live At The Key Club.

1999

Em 1999, Cinderella assinou um contrato com John Calodner da Sony Records. Entretanto a gravadora deixou a banda antes da gravação de um disco.

2000 e 2002

Cinderella entrou em turnê em 2000 e em 2002.

2005

Em 2005, Cinderella fez a turnê de verão VH1 Classic Rock Never Stops em 2005 com Firehouse, Ratt e Quiet Riot.

Mercury Records lançou a coletánea Rocked, Wired & Bluesed: The Greatest Hits em CD e DVD.

2006

Em 2006, Cinderella fez uma turnê com Poison.

2008

Em 2008, Cinderella planejava fazer uma turnê com Warrant, Lynch Mob e Lynam, mas em 13 de junho desse ano, Tim Heyne, empresário da banda, falou que a prega vocal esquerda de Tom Keifer estava com uma hemorragia e que seria impossível para Tom cantar naquele momento.

2009

Em 2009, a voz de Tom Keifer voltou ao normal.

2010

Em 2010, Cinderella fez uma turnê de verão.

Atualmente

Eric Brttingham está trabalhando com a banda de sua mulher, Naked Beggars.

Jeff LaBar tem um show de rádio com sua mulher na internet, Late Night With The LaBars.

Fred Coury está na banda Freakshow com Frankie Banali do Quiet Riot.

Tom Keifer está fazendo um disco solo.

Quem é o novo guitarrista do Ozzy?

Posted in Guitarristas, Shows with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on February 21, 2011 by gabrielpalmaguitar

Ozzy Osbourne, primeiro vocal da lendária Black Sabbath e Rei das Trevas em carreira solo, chegando a morder morcegos no palco e quase ter matado a sua esposa Sharon, vai tocar em Brasília pela primeira vez no Ginásio Nilson Nelson no dia 5 de abril de 2011.

Mas depois de ter tido sem sombra de dúvida os melhores guitarristas da história do rock (Tony Iommi, Randy Rhoads, Jake E. Lee, Zakk Wylde, Joe Holmes, Steve Vai, Alex Skolnick, Brad Gillis, Jerry Cantrell, Bernie Tormé, Slash, John 5) fica a grande pergunta: Quem é afinal o atual guitarrista do Ozzy???

O mistério foi resolvido. O guitarrista atual de Ozzy é Kastas Karamitroudis, conhecido como Gus G. O nome Gus veio da tradução do grego para o inglês americano de Kastas para Gus. O G foi um apelido dado por um amigo.

Nascido em Tessaloniki, na Grécia, Gus G saiu do seu país de origem, aos 18 anos de idade, para os Estados Unidos para estudar na escola de música Berklee, em Boston, Massachusetts.

Gus logo entrou para a cena do heavy metal. Em Berklee, conheceu o professor Joe Stump, um guitarrista neoclássico que foi uma grande influência na carreira de Gus.

Em 2005, Gus G substitui o guitarrista do Arch Enemy em uma turnê do Ozzfest e contribuiu no disco deles Doomsday Machine fazendo o solo de Taking Back My Soul.

Gus G fez os solos da música Garden Of Chaos do disco homônimo de Rob Rock (e não Bob Rock rs). Eu gostei muito dessa música!!!

As músicas Felonies Of The Christian Art e Life Deprived do disco Defiance Of Existence da banda Old Man’s Child também contaram com os solos de Gus G.

Gus G também tocou solos no disco Gallow’s Gallery da banda japonesa de black metal Sigh.

Gus G tocou solos na música instrumental Sting Of Remorse do disco Wearing A Martyr’s Crown da banda Nightrage.

Gus G tocou na música The Road do disco A Star-Crossed Wasteland da banda In This Moment. Esse solo me lembrou o estilo de John 5.

Gus G tocou guitarra no último disco de Ozzy, Scream, de 2010.

Além dessas bandas, Gus G também toca com sua banda Firewind.

Gus G já tocou nas bandas Mystic Prophecy e Dream Evil (o falecido Dio também tem um disco com esse nome).

Serviço

OZZY OSBOURNE – SCREAM
Local: Setor SRPN – Ginásio de Esportes Nilson Nelson – Asa Norte
Central de Vendas Tickets For Fun: 4003 0848
Única apresentação: Terça-feira, 05 de abril de 2011
Horário: 21h30
Classificação etária: Não será permitida a entrada de menores de 12 anos; 12 anos a 15 anos: permitida a entrada (acompanhados dos pais ou responsáveis legais); a partir de 16 anos: permitida a entrada (desacompanhados).

PREÇOS DOS INGRESSOS
Setor Superior – R$ 120,00 (meia) R$ 240,00 (inteira)
Pista/Cadeira – R$ 150,00 (meia) R$ 300,00( inteira)
Pista Premium (1º lote) – R$ 250,00 (meia) R$ 500,00 (inteira)

Desconto de meia-entrada para: estudantes, professores, funcionários públicos, Cliente Sempre Você do Correio Braziliense, Academia Abody Teck, Cartão Claro Clube, funcionários SICOOB, Clientes Clubin, VIP Mormaii, OAB e Mais Brasília Card.

HORÁRIO DA ABERTURA DAS VENDAS
A pré-venda para clientes Credicard, Citibank e Diners abre no dia 24 de novembro e as vendas para o público em geral no dia 02 de dezembro nos seguintes horários, de acordo com os locais:
Internet (informações e vendas) — Tickets For Fun
Telefone para vendas — 4003 0848 (válido para todo o país), às 9h
Pontos de Venda Tickets For Fun – às 10h
http://premier.ticketsforfun.com.br/content/outlets/agency.aspx

BILHETERIA OFICIAL – SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA
Bilheteria Loja Free Corner Concept: CLS 304 Bloco A Loja 04 – Asa Sul – Brasilia. Horário: 10h às 18h, de segunda à sábado.
Brasília Shopping: SCN Qd. 05 Bloco A Piso G1 – Brasília – Central de Ingressos. Horários: segunda à sábado das 10h às 22h / domingo das 14h às 20h

LOCAIS DE VENDA – COM TAXA DE CONVENIÊNCIA
Pontos de venda no link:
http://premier.ticketsforfun.com.br/content/outlets/agency.aspx
Central Tickets For Fun: por telefone, entrega em domicílio (taxas de conveniência e de entrega) -4003 0848 (válido para todo o país), das 9h às 21h – segunda a sábado.
Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br (entrega em domicílio – taxas de conveniência e de entrega)
Formas de Pagamento:
Dinheiro, cartões de crédito American Express, Visa, MasterCard, Diners e Cartões de Débito Visa Electron e Rede Shop.

Morrem 3 rockeiros

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on May 27, 2010 by gabrielpalmaguitar

Três rockeiros representativos já morreram em 2010. Primeiro foi o vocalista da banda soturna Type O Negative, Peter Steel, que aos 48 anos sofreu um ataque cardíaco em 14 de abril. Com sua banda, Steele tinha músicas como Everyone I Love Is Dead.

Peter Steele, da banda Type O Negative: morto aos 48 anos

O próximo rockeiro a morrer foi Dio em 16 de maio. Ronnie James Dio havia sido vocalista de várias bandas, mas deixou seu legado com Black Sabbath, banda em que foi o segundo vocalista mais famoso, perdendo somente para o original e imbatível em popularidade Ozzy Osbourne, muito embora alguns argumentem que a técnica de Dio seja superior a esse Rei das Trevas. Dio ficou conhecido por tratar os seus fãs super-bem.

Ronnie James Dio: popularizou os chifres do diabo com as mãos

Para quem não conhece o trabalho de Dio, eu recomendo assistir ao DVD Live From Radio City Music Hall que registra um show de 2007 da volta dele com Black Sabbath sob o nome de Heaven And Hell devido a problemas jurídicos com Ozzy, leia-se também Sharon, sua esposa manda-chuva. O nome adotado é em função do disco homônimo Heaven And Hell e de canção homônima também. Esse disco de 1980 foi o primeiro de Black Sabbath com Dio e vice-versa e essa canção virou não só umas das mais populares da banda mas também do gênero heavy metal, sendo a sua melodia cantada por públicos de outras bandas em shows.

Tony Iommi no show do Heaven And Hell no Radio City Music Hall em Nova York

O show do Radio City Music Hall capturou um grande momento da banda aquecida, com o guitarrista Tony Iommi tocando com seus dedos médio e anelar da mão direita, que usa para o braço da guitarra (ele é canhoto), de pontas de próteses plásticas. Isso foi devido ao acidente que sofreu quando jovem em um trabalho na indústria metalúrgica ao operar uma máquina compressora de metais. Era o último dia de trabalho dele e, como não estava fazendo nada, alguém pediu para ele fazer aquilo e, apesar de não possuir experiência, aceitou e se prejudicou, mas não desistiu da carreira de guitarrista, o que não deixa de ser um exemplo de superação. Ele estava próximo de uma das primeiras turnês do Black Sabbath.

Heaven And Hell: a volta de Black Sabbath com Dio e Vinny Appice

Eu não pude ir ao show do Heaven And Hell em Brasília que aconteceu no dia 13 de maio de 2009 no Ginásio Nilson Nelson. Imagino a loucura de ouvir e ver em todos os sentidos ao vivo músicas como After All (The Dead), a primeira que abre o show no Radio City Music Hall, tirada do disco criticado de 1992 Dehumanizer, I, também desse disco, e outras como The Mob Rules do disco homônimo, The Sign Of The Southern Cross e Voodoo, também desse disco, e Neon Knights, do disco Heaven And Hell.

Capa do disco Heaven And Hell

Quem quiser ir além também pode também ouvir a carreira solo de Dio com músicas ótimas como Holy Diver, Rainbow In The Dark, Stand Up And Shout, Don’t Talk To Strangers, todas do disco de estreia da banda Dio de 1983 que contou com Vivian Campbell, atualmente do Def Leppard, na guitarra. Também é bom ressaltar que o baterista desse disco é Vinny Appice, que entrou no Black Sabbath junto com Dio para gravar o disco Heaven And Hell quando Ozzy Osbourne e Bill Ward saíram, e saiu com Dio para a banda Dio e voltou novamente com Dio na última formação do Black Sabbath.

Capa do disco Holy Diver

Conflitos com Ozzy

Vinny Appice é irmão de outro grande batera, Carmine Appice, que tocou e brigou com Ozzy. Segundo Chris Nickson no livro Ozzy – A incrível história de Ozzy Osbourne de louco do heavy metal a pai do ano na série The Osbournes da MTV, há uma história de que Sharon mandou furar a cara dele em estampas de camisetas que tinha feito para serem vendidas nos shows de Ozzy, em mais um ato de escândalos super-protetores de Sharon com Ozzy. Houve também um incidente em um Ozzfest, festival de bandas organizada por Sharon, em que ela teria mandado funcionários da equipe tacarem ovos e outros objetos na grande banda inglesa Iron Maiden, além de desligar o equipamento de som antes do término do show. Tudo para que os outros não ofuscassem Ozzy. Coitado!

Ozzy Osbourne: marido de esposa super-protetora e encrenqueira

Uma música engraçada para ser ouvida cantada por Dio é Dream On de Aerosmith no disco Tribute To Aerosmith de 1999. Quem toca guitarra é Yngwie Malmsteen. A emissora de rock Kiss FM costuma soltar uma vinheta com um trecho dessa música. Segundo Dio, foi ele quem inventou os chifrinhos do diabo nas mãos. Parece que esse é um sinal de insulto na Itália, de onde Dio tem descendência.

Paul Gray, baixista do Slipknot, sempre mascarado, morreu aos 38 anos

A terceira morte rockeira neste ano, no dia 24 de maio, foi do baixista da banda norte-americana Slipknot, de Des Moines, Iowa. O rockeiro foi encontrado em um quarto de hotel e não foi reconhecido. Paul Gray morreu aos 38 anos e ainda não há suspeita da causa da morte. Ele era o único membro da banda que não havia nascido em Des Moines, Iowa, tendo nascido em Los Angeles, Califórnia, e se mudado para Des Moines na infância.